Publicidade
Botão de Assistente virtual
Opinião

Ninho vazio

Por Nana Vier
Publicado em: 22.06.2022 às 03:00

Estou fazendo bolo de coco, sopa de legumes com ossobuco, lavando roupa dia sim, dia não, conversando mais com as cachorras. Tenho menos de muita coisa, de louça pra lavar, comida pra cozinha e casa pra organizar. O que aconteceu? Nossa filha saiu de casa e ela não gosta de coco e não come carne. Sim, nossa passarinha bateu asas e não foi para logo ali não. Está trabalhando e morando na Alemanha e nossas conversas agora são por aplicativo. Um viva à tecnologia que nos aproxima mesmo distantes. Não foi repentino, foi planejado. Apesar disso, o peito apertou, e ainda encho os olhos de lágrimas, principalmente quando alguém pergunta - Como está sendo não ter a filha em casa?

Mas calma, tá tudo bem. Perder a rotina de diálogos e cuidados com os filhos desestabiliza um pouco o nosso emocional. Afinal, são anos de vida dedicados de forma tão intensa que não paramos para pensar na possibilidade de algum dia estarmos sozinhos. É que filhos quando nascem ocupam um espaço dentro da gente que passa a não ser mais nosso. E que fique claro, nunca mais será! O que ninguém nos conta é que quando eles partem e deixam aquela sensação de ninho vazio, aquele espaço também fica vazio e levamos um tempo para entender o que fazer com aquele lugar. Fica um buraco que precisa urgentemente ser preenchido, buracos vazios são perigosos, podem se tornar escuros e profundos. Mesmo não nos pertencendo mais, este lugar precisa agora de movimento e sentido.

Nesse momento percebemos a importância de se ter outros interesses e atividades para preencher o tempo, do poder do auto cuidado e que é absurdamente necessária a companhia dos amigos e o apoio da família. Para quem, como eu, é casada, a parceria, apoio e presença da pessoa que amamos é fundamental. Como casal nos tornamos mais fortes com a experiência de estarmos a sós novamente, porque existe um amor imenso que preenche todo e qualquer vazio que possa ficar.


O artigo publicado neste espaço é opinião pessoal e de inteira responsabilidade de seu autor. Por razões de clareza ou espaço poderão ser publicados resumidamente. Artigos podem ser enviados para opiniao@gruposinos.com.br
Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.