Publicidade
Botão de Assistente virtual
Opinião Opinião

Orçamento de Sapucaia do Sul passa dos R$ 432 milhões

Por Thiago Padilha
Publicado em: 24.11.2021 às 15:00 Última atualização: 24.11.2021 às 15:57

Sapucaia do Sul estima uma orçamento municipal de R$ 432 milhões para 2022, conforme a Lei Orçamentária Anual (LOA) aprovada por unanimidade pelos vereadores nesta terça-feira (23). "A expectativa de arrecadação foi projetada considerando diversos fatores que concorrem para a realização das receitas, dos quais podemos destacar a previsão de crescimento da economia, variação do Índice de Preços, receitas constitucionalmente vinculadas à educação e à saúde, entre outras atreladas a programas de governo em vigor nas esferas do Estado e da União", justifica o prefeito Volmir Rodrigues (Progressistas).

Do total, são destinados R$ 11,5 milhões para a Câmara de Vereadores, R$ 65 milhões para a Fundação Getúlio Vargas, R$ 7,2 milhões para o Fundo Municipal de Desenvolvimento Social e R$ 66,6 milhões para o Regime Próprio de Previdência Social, entre outros.

Destaque em segurança

Os vereadores de Sapucaia do Sul aprovaram o projeto de lei da mesa diretora, comandada por Jorge Barbosa (PSD - foto) que premia os profissionais da área com o título de Servidor Destaque da Segurança Pública. A proposta foi feita por integrantes do PSD, PSB, PRTB, MDB e Progressistas. Os indicados são Jardel Neto Nobre (bombeiros), Jeferson Luis Peres Ferreira (1ª DP), Marcelo Moura dos Santos (2ª DP), William Dias Garcia (33º BPM), Valmor Menezes da Fonseca (Susepe), Antônio Renato Conceição (GCM) e Jonathan Dumand Siqueira (Defesa Civil).

Sanções em série

Em São Leopoldo, o prefeito Ary Vanazzi (PT) sancionou três projetos de lei do vereador Rafael Souza (PDT), o líder do governo, em encontro no sétimo andar do Centro Administrativo na segunda-feira (22). Um cria o Dia Municipal de Conscientização do Orgulho LGBTQIA no Município de São Leopoldo, a ser comemorado anualmente no dia 28 de junho.

Povo cigano

O outro projeto de Rafa foi a criação do Dia Municipal do Povo Cigano, a ser comemorado anualmente no dia 24 de maio. "É um reconhecimento público da importância dos povos ciganos na formação histórica e cultural do Brasil e que possibilita a construção de diálogo para atendimento de políticas públicas específicas."

Imagens de câmeras

O terceiro cria o Sistema Colaborativo de Segurança e Monitoramento que tem como objetivo colaborar com a elucidação de delitos, praticados contra o patrimônio público municipal, bem como com os processos de investigação e de captura de criminosos.


O artigo publicado neste espaço é opinião pessoal e de inteira responsabilidade de seu autor. Por razões de clareza ou espaço poderão ser publicados resumidamente. Artigos podem ser enviados para opiniao@gruposinos.com.br
Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.