Publicidade
Notícias | São Leopoldo Obras na BR-116

Obras de duplicação da ponte do Rio dos Sinos devem começar semana que vem

Após pagamento de guia, consórcio dará início ao trabalho, aguardado há anos para maior fluxo na rodovia

Por Adriana Tauchert
Publicado em: 05.03.2021 às 19:19 Última atualização: 05.03.2021 às 19:32

As obras para duplicação da ponte sobre o Rio dos Sinos, na BR-116, em São Leopoldo, podem ter início na terça-feira. A informação é do senador Carlos Heinze que, nesta semana, esteve em contato com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) e também com a Superintendência do Ibama no Rio Grande do Sul. "Falta ainda o pagamento de uma guia para que a obra possa ter início", explica Heinze. "E isso deve ser feito na segunda-feira", diz.

Maquete virtual da nova ponte sobre o Rio dos Sinos na BR-116 em São Leopoldo Foto: Divulgação/Dnit-RS

"Na segunda-feira, o Dnit paga a guia e na terça-feira o consórcio EPC, MAC, Sogel e Iguatemi estará no leito rio para começar o estaqueamento e as fundações para duplicação da ponte sobre o Rio dos Sinos", afirma o senador, destacando que esta obra tão aguardada há anos não é importante só para a região metropolitana e Vale do Sinos, mas também para toda a comunidade da Serra gaúcha. Cerca de 140 mil veículos cruzam diariamente  neste trecho da BR-116 em São Leopoldo que é um dos principais gargalos da rodovia.

Conforme a superintendente do Ibama RS, Cláudia Costa, a Autorização de Supressão de Vegetação (ASV) deve sair no início da semana. "Está pronta, só aguardando o pagamento da Guia de Recolhimento da União (GRU), a taxa de emissão de documento", explica Cláudia. "Deve sair no início da semana que vem." Conforme ela, a guia foi encaminhada na quinta-feira, por email, ao Dnit.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.