Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | Rio Grande do Sul QUE M!

Homem aparece sentado no vaso sanitário durante sessão virtual da Justiça gaúcha

Demais participantes ficaram surpresos e sessão foi suspensa; TJ/RS diz que "providências cabíveis já estão sendo tomadas"

Por Redação
Publicado em: 26.05.2022 às 19:56 Última atualização: 26.05.2022 às 20:08

Um homem que era parte interessada de um processo em julgamento nesta quarta-feira (25) em sessão virtual da 21ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJ/RS) aproveitou para ir ao banheiro antes da audiência começar. Não haveria nada de anormal não fosse um detalhe: ele deixou a câmera do celular ou do computador ligada e as outras sete pessoas que estavam na sala virtual aguardando o início da sessão o viram sentado no vaso sanitário.

Homem aparece sentado no vaso em audiência do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul
Homem aparece sentado no vaso em audiência do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul Foto: Reprodução

Participavam da sessão cinco homens e duas mulheres, todos em ambientes visivelmente de trabalho. Os homens estavam de terno e gravata, uma das mulheres com camisa social e a outra, procuradora de Justiça, com a toga que é comum neste tipo de sessão. Um dos desembargadores também aparenta estar de toga, conferindo formalidade à audiência. Os semblantes são de surpresa dos participantes ao verem o homem sentado no vaso.

Por conta do inusitado, a sessão foi imediatamente suspensa e o sinal do homem bloqueado. Depois disso a audiência foi retomada. O Tribunal de Justiça soltou uma nota dizendo que "não se trata de magistrado, procurador, advogado ou servidor do TJ. Trata-se de parte em processo cujo julgamento ainda não havia iniciado, mas que indevidamente se encontrava com a câmera aberta". o TJ informou ainda que "as providências cabíveis já estão sendo tomadas para apurar detalhadamente o ocorrido".

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.