Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | Rio Grande do Sul OPERAÇÃO AVALANCHE

Sete torcedores do Grêmio são presos por confusão na Arena após derrota para o Palmeiras

Prisões e buscas foram feitas em Porto Alegre, Canoas, Santa Maria, Pelotas e Bagé

Publicado em: 01.12.2021 às 12:30 Última atualização: 01.12.2021 às 12:41

Sete torcedores do Grêmio foram presos na manhã desta quarta-feira (1º) por confusão na Arena após derrota por 3 a 1 ao Palmeiras, em partida pela 29ª rodada do Brasileirão, no dia 31 de outubro.

As prisões temporárias foram feitas pela Polícia Civil que também cumpriu sete mandados de busca e apreensão em Porto Alegre, Canoas, Santa Maria, Pelotas e Bagé. 

De acordo com a PC, na confusão, o grupo entrou no estacionamento e quebrou viaturas do Poder Judiciário, Polícia Civil e veículos particulares. Na ocasião, torcedores ainda invadiram o campo, depredaram a cabine do VAR e outros equipamentos, além de agredir profissionais de imprensa.

A ação, chamada Operação Avalanche, foi coordenada pela delegada Laura Lopes, da 4ª Delegacia de Polícia (DP) de Porto Alegre.

Punição

Por conta da invasão, o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) aplicou uma multa de R$ 100 mil ao Grêmio e interditou a Arquibancada Norte da Arena pelos próximos sete jogos. No entanto, o time gaúcho foi absolvido no artigo 211 e poderá ter torcida no duelo diante do São Paulo, na próxima quinta-feira.

Em novembro, o Juizado do Torcedor e Grandes Eventos do Ministério Público do Rio Grande do Sul proibiu a presença de tricolores no clássico contra o Internacional, no dia 6, no Beira-Rio.

 

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.