Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | Região COMUNIDADE

Bancos de agasalho da região reforçam o pedido por roupas de frio

Regatas, bermudas e até biquíni estão entre os itens recebidos nas campanhas que têm foco no inverno

Por Renata Strapazzon
Publicado em: 22.06.2022 às 03:00 Última atualização: 22.06.2022 às 16:16

O inverno começou ontem e com previsão de ser um dos mais frios dos últimos tempos no Estado. Por isso, famílias carentes, que dependem de doações, contam, mais do que nunca, com a solidariedade e o bom senso daqueles que têm agasalhos de sobra em casa. Iniciadas em maio com o objetivo de abastecer os bancos de agasalhos da região, as campanhas promovidas pelas prefeituras têm tido boa participação até agora. No entanto, o que os municípios reforçam é que nos pontos de coleta sejam deixadas roupas de frio e cobertores.

Campanhas buscam ofertar um inverno mais quentinho a que mais precisa
Campanhas buscam ofertar um inverno mais quentinho a que mais precisa Foto: Divulgação

"Recebemos muitas peças de verão, biquínis e roupas sujas ou sem condições para o uso. Tentamos sensibilizar as pessoas para que doem aquilo que elas próprias gostariam de receber", comenta a secretária de Cidadania e Direitos Humanos de Esteio, Katiane Marques. Na cidade, segundo a secretária, somente neste ano já foram arrecadadas 3,7 mil peças de agasalhos e repassadas outras 2,6 mil. A maior necessidade no momento são roupas masculinas e infantis.

Em Esteio, a Campanha do Agasalho teve início no dia 3 de maio e conta com caixas de coleta em diversos pontos da cidade como a sede da prefeitura, o Corpo de Bombeiros, escolas e lojas. Além disso, nesta edição do evento serão realizados quatro drive-thrus de arrecadação. O próximo e último está agendado para ocorrer no dia 2 de julho, na Rua Coberta, das 10 às 14 horas. Os donativos arrecadados são disponibilizados às famílias necessitadas na Loja Social Fixa, localizada na Rua Machado Lopes, 58, no Centro, junto ao Creas Girassol e nas edições móveis.

Até amanhã, a loja móvel estará no bairro Três Marias, na Igreja Santo Antônio Maria Claret. Hoje o funcionamento da loja será das 13h30 às 16h30, e amanhã, das 9 às 11h30. Para retirada dos agasalhos é necessário realizar um cadastro, apresentando identidade, CPF e comprovante de residência.

700 peças retiradas por dia em São Leopoldo

Em São Leopoldo, a Campanha do Agasalho teve início no dia 5 de maio e segue até 5 de agosto com mais de 30 pontos de coleta espalhados pelo Município. As peças recebidas são encaminhadas ao Banco do Agasalho, que repassa aos mais necessitados. De acordo com a coordenadora do Banco Municipal do Agasalho leopoldense, Francine Lucchese, no local são retiradas, em média, 700 peças por dia.

Conforme ela, até ontem haviam sido arrecadadas na campanha mais de 75 mil peças de roupas, sendo que mais de 59 mil já haviam sido doados às mais de cinco mil famílias que são atendidas pelo banco e outras 1,3 mil beneficiadas através de ações nas comunidades. Dos itens repassados, 184 foram cobertas, uma das necessidades do banco.

“Estamos precisando de casacos femininos, masculinos e infantis. Roupas de inverno masculinas e infantis principalmente de menino e adolescente, que vem menos, e cobertores”, diz Francine. Segundo Francine, na cidade também é alto o número de roupas de verão e de meia estação entre as doações recebidas. “Principalmente as femininas, vem muita regata e bermuda. Já entre as peças masculinas, está vindo muita coisa de descarte, rasgado, manchado, sem condições de uso”, conta. “O que vem em boas condições, colocamos para a frente e logo já tem saída. Por isso, continuamos com o estoque baixo”, completa.

O Banco do Agasalho fica na sala 14 do Ginásio Municipal Celso Morbach, na Avenida Dom João Becker, 271, Centro. O atendimento é de segunda a quinta, das 8h30 às 13 horas. Além de acolher a comunidade, o local está sempre aberto para doações. Para encaminhálas também é possível fazer contato com o Banco Municipal do Agasalho pelo e-mail banco. agasalho@ saoleopoldo. rs.gov.br.

Na região

Em Sapucaia do Sul, a arrecadação de donativos na Campanha do Agasalho 2022 segue ocorrendo nos mais de 20 pontos de coleta distribuídos pela cidade. No município, a principal necessidade são roupas masculinas e infantis. Mantas, cobertores, toalhas de banho, lençóis e calçados também estão sendo pedidos pelos organizadores da campanha.

Todos os agasalhos recebidos passam por uma triagem e depois são encaminhados ao Banco do Agasalho, onde são distribuídos a quem mais precisa. O banco de Sapucaia fica na Rua Rui Barbosa, 325, no Centro. O atendimento no local é de segunda a sexta-feira, das 9 às 18 horas.

Em Portão, a Campanha do Agasalho Aqueça um Coração foi realizada de 9 de maio a 2 de junho. As peças arrecadadas na ação foram distribuídas às famílias carentes no último dia 11, em uma atividade realizada das 8 às 17 horas no Centro de Eventos da cidade.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.