Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | Região REGIÃO

Nova diretoria define metas para o Hospital de Portão para o biênio 2022/2023

Diretor-presidente Guilherme Vieira foi empossado na última semana

Por Priscila Carvalho
Publicado em: 14.01.2022 às 03:00 Última atualização: 14.01.2022 às 15:46

Manter as contas em dia, realizar melhorias na infraestrutura e qualificar o atendimento. Com diretrizes bem definidas, o novo diretor-presidente da Fundação Hospitalar Educacional e Social de Portão (Fuhesp), instituição mantenedora do Hospital de Portão, Guilherme Vieira, tomou posse na última semana. Além dele, o novo vice-presidente, Clóvis Volnei Duarte Magero, e os integrantes dos conselhos Curador e Fiscal também assumiram as novas funções para o biênio 2022/2023.

Em ato simbólico, Regina Roese de Souza passou o "bastão" para Guilherme Vieira
Em ato simbólico, Regina Roese de Souza passou o "bastão" para Guilherme Vieira Foto: Marcelo Fiori/Divulgação

A escolha, segundo Vieira, se deu em assembleia realizada no mês de dezembro e que definiu a chapa dele, única na disputa, como nova gestora. A posse ocorreu em cerimônia no início deste mês, quando a então presidente, Regina Roese de Souza - que esteve a frente da entidade nos biênios 2017/2019 e 2019/2021 -, passou o "bastão" a Vieira, em ato simbólico.

Voluntários

Guilherme Vieira tem 37 anos e é empresário e gerente comercial de uma mineradora. Assim como toda a diretoria da Fuhesp, ele atua como voluntário na instituição, ajudando a comandar o Hospital de Portão.

Ele explica que, desde 2017, a casa de saúde é gerida por um grupo de voluntários e empresários, pois não havia indicação de um gestor e a prefeitura do município, na época, solicitou que o grupo, então, assumisse a gestão. Participando desde aquele período, Vieira foi curador nos dois primeiros anos e presidente do Conselho Fiscal nos anos seguintes. Agora, foi empossado como diretor-presidente, mantém a base que iniciou aquele projeto em sua nova equipe.

Gestão financeira e melhorias estruturais

Em entrevista ao Jornal VS, Vieira elencou o que julga serem os três maiores desafios de sua gestão e para os quais sua equipe deve voltar esforços. O primeiro deles é seguir o que vinha fazendo a diretoria anterior e conseguir manter a gestão financeira. “Continuar quitando as dívidas que foram acumuladas ao longo dos 40 anos da instituição. Conseguimos parcelar uma série de dívidas e tem algumas, com entidades, de energia e outros tributos, que precisamos quitar para, não só manter, como não acumular mais dívidas. Além de honrar os pagamentos no nosso exercício, conseguir quitar as dívidas do passado é o nosso primeiro desafio”, enfatizou.

O segundo propósito da nova diretoria é realizar uma reforma na infraestrutura do espaço de urgência e emergência do Hospital de Portão. “Não temos banheiro com acessibilidade na instituição e há outras manifestações da Vigilância Sanitária, porque o hospital foi construído há cerca de 45 anos e nunca passou por reformas. Precisamos fazer essas melhorias”, justificou. A obra, conforme Vieira, está estimada em R$ 2 milhões.

“Já havíamos feito cotação para a reforma em 2021, onde participaram mais de 20 empresas. Mas, por conta da Covid, não avançamos com o projeto. Agora, estamos retomando os orçamentos e buscando recursos para a execução da obra. Não temos um número preciso, mas ela gira em torno de 2 milhões de reais”, salientou.

Certificação

A terceira meta da nova diretoria é a qualificação do atendimento, dentro de uma certificação. “Trabalhar em cima da melhoria dos processos com base em alguma certificadora.” Para Vieira, com a manutenção da gestão que já estava na Fuhesp, os projetos poderão sair do papel mais facilmente. “Acredito que a gente vá, se não alcançar, ficar mais próximo deles, porque estamos mantendo uma gestão que já é saudável”.

A nova diretoria

Diretor-presidente: Guilherme Vieira

Vice-presidente: Clóvis Volnei Duarte Magero

Conselho de Curadores: Cláudia Hoff Nied, Denise Ramão, Layla Mariz Arêas Portes, Leandro de Quevedo Freitas, Rafael de Almeida, Regina Roese de Souza, Roque Pinto Bratz.

Suplentes do Conselho de Curadores: Carina Rösig Lizete, Beatriz Müller, Rosemari Britzke.

Conselho Fiscal: Alexandro Winck Fraga, Henrique Atz, Magno Rodrigues da Silva.

Suplente do Conselho Fiscal: Juliano Bittencourt Larouca.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.