Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | Mundo PANDEMIA

Países europeus registram aumento nos casos de infecções pelo coronavírus

Grécia amplia restrições e Alemanha tem UTIs quase no limite da lotação

Por Sofia Aguiar/Estadão Conteúdo
Publicado em: 22.11.2021 às 15:05 Última atualização: 22.11.2021 às 15:13

Diante da alta de casos na Europa, a Grécia impôs, nesta segunda-feira (22), um amplo conjunto de restrições para combater as infecções pelo novo coronavírus. Até o dia 6 de dezembro, será obrigatório o uso da máscara em todos os locais de trabalho e haverá horário escalonado nos setores público e privado.

Países europeus registram aumento nos casos de infecções pelo coronavírus
Países europeus registram aumento nos casos de infecções pelo coronavírus Foto: Adobe Stock
Além disso, para entrar em todos os locais de entretenimento fechados, será obrigatória a apresentação do cartão de vacinação ou a comprovação de que tenha tido a doença e se recuperado recentemente. Os locais restritos incluem bares, restaurantes, cinemas e museus. Regras mais duras valem também a tribunais e templos religiosos, detalhou a Associated Press.

Seguindo a Grécia, na Áustria também passou a vigorar um novo bloqueio para impedir uma nova onda de infecções. Segundo a EFE, nesta segunda-feira (22), o país fechou mais uma vez o comércio não essencial, restaurantes e museus, além de proibir eventos culturais e shows.

Na esteira dos alertas sobre a nova onda de contaminações, o ministro da Saúde da Alemanha, Jens Spahn, fez mais um apelo pela vacinação no país. Segundo ele, até o final do inverno, é possível estimar que todos os alemães que não tomaram as vacinas serão infectados.

De acordo com os números oficiais, divulgados pela Associated Press, a Alemanha registrou mais de 30 mil casos nas últimas 24 horas. Os hospitais alertam que a capacidade das Unidades de Terapia Intensiva (UTI) está quase no limite e alguns pacientes tiveram de ser transferidos para clínicas distantes.

No Reino Unido, foram registradas 45 mortes por Covid e 44.917 casos nas últimas 24 horas. Isso se compara às 47 mortes e 39.705 casos na semana passada, segundo a Sky News.

Já na Rússia, o número de mortes por coronavírus ainda está perto de seu recorde, mas o número de novas infecções continuou a diminuir. De acordo com a Associated Press, foram registrados 1.241 óbitos pela doença nesta segunda-feira (22), abaixo do registro das 1.254 vítimas fatais computadas na semana passada. Enquanto isso, foram relatados 35.681 novos casos, refletindo uma tendência constante de queda desde o início de novembro, quando os números diários ultrapassaram 41 mil, o nível mais alto da pandemia.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.