Publicidade
Esportes | Grêmio Tricolor

A logística gremista para Brasileirão, Copa do Brasil e Gauchão

Grêmio tem fim de temporada com obrigações nacionais e já projeta o início do Estadual, que pode ser com a equipe da transição em campo

Por Matheus Beck
Publicado em: 17.02.2021 às 21:04 Última atualização: 17.02.2021 às 21:16

Volante Lucas Silva deve ser titular contra o Athletico-PR Foto: Lucas Uebel/Grêmio
Faltam dez dias para o primeiro jogo da decisão da Copa do Brasil, entre Grêmio e Palmeiras. Esse mesmo período separa o Tricolor do início do Gauchão 2021. E, no domingo (21), às 18h15, a equipe recebe o Athletico-PR, na Arena, em Porto Alegre, pelo Brasileirão. Em pontos diferentes, as competições se aproximam, exigindo grande atuação da direção azul.

Incluindo as três competições, serão cinco jogos em 14 dias, exigindo algumas medidas como, por exemplo, a possibilidade do Tricolor começar o Estadual com a equipe sub-23, conhecida como de transição.

Recentemente, a equipe gremista foi derrotada pelo Novo Hamburgo, por 4 a 1, no Estádio do Vale. Trata-se de uma sequência que contará com seis jogos. O primeiro, diante do Noia, ocorreu no dia 3 de fevereiro. Depois, o Tricolor enfrentou o Próspera/SC (duas vezes), o São José, Criciúma e no sábado jogará contra o Esportivo.

Projetando o Campeonato Brasileiro, em disputa que será contra o Furacão, o Tricolor não terá o atacante Alisson, suspenso pelo terceiro cartão amarelo e Luiz Fernando, que está fora - devido a um entorse no tornozelo - por seis semanas.

O volante Lucas Silva, que completou 28 anos na terça-feira, falou sobre os próximos passos gremistas e as chances da vaga na Libertadores via Brasileirão.

"Enquanto houver chances, nós vamos seguir fortes", afirmou. O Grêmio é sétimo colocado, com 56 pontos.

Lisca de olho na base tricolor

O América-MG, do técnico Lisca, obteve o acesso à Série A do Brasileirão nesta temporada. Inclusive, o treinador gaúcho já tem sondado jogadores gremistas para reforçar o elenco. Os nomes da vez são o atacante Guilherme Azevedo e o lateral Guilherme Guedes. Ambos estão no time de transição do Grêmio e, em algumas oportunidades, foram chamados por Renato Portaluppi para preencher a suplência.

A informação que vem da Arena é que a vontade gremista é de aproveitar os jogadores, portanto, devendo votar pela permanência dos jogadores. Guedes tem 21 anos e Azevedo, 19.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.