Publicidade
Esportes Em Tóquio

Sorteio aponta estreia de Hugo Calderano na 3ª fase, mas chave é difícil

O número sete do ranking e líder da delegação brasileira no Japão, só vai estrear na competição na terceira fase, diante de um adversário a ser definido.

Por Estadão Conteúdo
Publicado em: 21.07.2021 às 09:07 Última atualização: 21.07.2021 às 09:37

Foram sorteadas as chaves de disputa do tênis de mesa nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Hugo Calderano, número sete do ranking e líder da delegação brasileira no Japão, só vai estrear na competição na terceira fase, diante de um adversário a ser definido.

Hugo Calderano vê Brasil brigando por medalhas no tênis de mesa Foto: RG/ITTF

Se conseguir a primeira vitória, o mesa-tenista, eliminado nas oitavas de final na Rio/2016, deverá encarar nas oitavas de final o sul-coreano Woojin Jang, 11º do mundo. Em uma possível disputa de quartas de final, o adversário poderá ser o ucraniano naturalizado alemão Dimitrij Ovtcharov (12º) ou o japonês Niwa Koki (17º).

O fato de jogar na Ásia, casa dos favoritos, não assusta Calderano. Outro fator a seu favor vem de morar na Alemanha, onde não enfrentou lockdown prolongado durante a pandemia da Covid-19, o que o permitiu treinar por períodos mais longos. Há quase oito meses treinando com o material a ser utilizado nos Jogos de Tóquio para evitar "surpresas", Calderano garante estar bem preparado e confiante em fazer uma bela apresentação desta vez. A meta é brigar por pódio no individual e também na disputa por equipes.

As disputas do tênis de mesa nos Jogos Olímpicos de Tóquio vão ocorrer praticamente todos os dias da competição. Começam na sexta-feira com o individual masculino e acabam em 6 de agosto, com a final da equipe masculina. Ainda ocorre a competição feminina individual, além das equipes mistas.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.