Publicidade
Cotidiano | Turismo Serra Gaúcha

Gramado ganha Acquamotion, parque aquático indoor com águas termais

Nova atração abre no fim de junho e reunirá sete piscinas, incluindo uma com ondas e outra de borda infinita ao ar livre na cobertura

Por Estadão Conteúdo
Publicado em: 08.06.2021 às 10:56 Última atualização: 08.06.2021 às 11:46

Acquamotion, primeiro parque termal indoor da América do Sul Foto: Gramado Parks/ Divulgação
Do gelo às águas quentes. A Gramado Parks, dona do Snowland na Serra Gaúcha, inaugura agora o primeiro parque aquático termal indoor da América do Sul. Temático, o Acquamotion é inspirado na beleza da Serra Gaúcha e tem sete piscinas, incluindo uma com ondas e outra de borda infinita ao ar livre na cobertura. A nova atração abre no fim de junho, e a empresa já prepara a expansão do seu parque de neve para setembro de 2022.

"Gramado vem crescendo muito e a gente acredita que, nos próximos cinco a dez anos, haverá um aumento significativo do turismo doméstico, seja pelo dólar ou pela pandemia", afirma Fábio Bordin, vice-presidente de Implantação da Gramado Parks. 

Com um investimento aproximado de R$ 100 milhões, o empreendimento de Gramado ocupa cerca de 49 mil metros quadrados de terreno, divididos em quatro áreas. "O Acquamotion é totalmente temático. Tem um storytelling baseado nas quatro estações do ano. O nosso propósito é gerar entretenimento para as famílias, e Gramado se vende muito bem com atrações temáticas. Isso é muito forte na cidade."

A inauguração do Acquamotion para o público é prevista para o próximo dia 25 de junho, em sistema de soft opening, com entradas vendidas ainda na bilheteria. O mês de julho marca a abertura para visitantes com ingressos comprados online. O público estará reduzido devido à pandemia.

"O Snowland tem capacidade operacional para 3 mil pessoas, e hoje funciona com 1,2 mil. No Acquamotion, vai ser mais ou menos o mesmo. O parque pode receber de 2,8 mil a 3,1 mil visitantes, mas nos primeiros meses vamos operar entre 1 mil e 1,2 mil", afirmou o executivo do grupo.

Protocolos de saúde no parque aquático de Gramado

O uso de máscaras é obrigatório em todos os ambientes de circulação do Acquamotion. "Somente na área de gastronomia e dentro das piscinas não tem como exigir máscara. Mas as pessoas podem ficar com a de neoprene nas piscinas, se quiserem", disse o executivo do grupo.

Vidros duplos com gás no meio para garantir a visibilidade do lado externo do parque Foto: Gramado Parks/ Divulgação

Segundo ele, o intuito é evitar ao máximo o contato físico. "Nosso cliente vai comprar o ingresso pela internet. No parque, retira uma pulseira higienizada e a partir dali não precisa mais tocar em nada. Compra na loja e na área de gastronomia usando a pulseira. O check out faz pelo aplicativo do celular ou pelo totem no parque. Ele pode fazer todo o processo automatizado", explicou Bordin.

Dentro do Acquamotion, haverá cerca de 900 lockers com abertura e fechamento automáticos usando a pulseira. O mesmo sistema será implantado no parque de neve do grupo, aberto em 2013, durante as obras de ampliação. "Vamos duplicar o Snowland. Abriremos com a expansão em setembro de 2022, com mais área de neve e aumentando a pista de patinação", afirmou o executivo.

 

Com a pandemia, atraso na inauguração e filtragem reforçada

A pandemia atrasou os planos de abertura do Acquamotion. "Furamos o poço em 2017, buscando água a 920 metros de profundidade. Tivemos de usar uma bomba de extração de petróleo devido à profundidade até o Aquífero Guarani", explicou Bordin. "As obras começaram em 2019, e a ideia era abrir no fim de 2020. Em março, surgiu a pandemia e a gente acabou dando uma segurada nas obras do parque."

A preocupação com a saúde também impôs outro desafio à Gramado Parks: cuidados extras com a segurança sanitária dos ambientes. "Fizemos muito investimento na parte da renovação de ar com filtros. A estrutura pensada antes da pandemia foi adaptada a este novo momento, com tudo o que seja dentro das normas legais e dos mais rígidos padrões. Usamos o mesmo sistema utilizado na aviação, que garante um índice altíssimo de filtragem", afirmou o executivo.

O parque aquático na Serra Gaúcha fica próximo do Snowland e do Wyndham Gramado Termas Resort & Spa. Ambos são propriedades do grupo, que está à frente ainda da roda-gigante Rio Star, no Rio de Janeiro, e inaugurou em março deste ano o Bella Gramado. O novo hotel, inspirado na cultura germânica muito presente no Sul do País, foi instalado onde antes ficava o Café Colonial Bela Vista, fundado em 1972 pela família de Anderson Caliari, presidente do grupo.

No Acquamotion, as características regionais estarão também nos lanches vendidos. "Teremos a cucinha, cookies de chocolate e hambúrguer com queijo serrano", exemplificou Bordin.

 

Piscinas nas quatro estações do ano

Na cobertura, piscina ao ar livre com vista para a Serra Gaúcha está sendo terminada Foto: Gramado Parks/ Divulgação

Como o Acquamotion usa águas termais e tem parte da estrutura em lugar fechado, o parque pode ser usado o ano inteiro. "A água sai do poço a 42 graus, e a gente diminui a temperatura. Na parte interna, o ambiente também vai estar equalizado. Vai ser um jogo de climatização de acordo com a estação do ano", disse Bordin. "Usamos vidros especiais duplos com gás no meio para não embaçar para o público não perder a visibilidade do lado de fora. Vai dar para ver a serra tanto da piscina interna quanto do rooftop com a vista para o horizonte. E temos duas piscinas na área externa do parque."

As sete piscinas aquecidas, incluindo uma com seis tipos de ondas e uma de borda infinita, estão espalhadas pelas áreas temáticas, inspiradas nas quatro estações. Há ainda dois grandes toboáguas, jatos de água massageadores e um bar molhado.

 

Atrações e espaços para bebês e crianças

Na visita ao parque aquático, as famílias serão recebidas por Ales, protetor do tempo, e seus quatro irmãos. Cada um cuida de uma área da nova atração: Floris, da primavera; Veron, do verão; Ottoz, do outono; e Frido, do inverno. "Teremos personagens com fantasia e momentos especiais dentro do parque, e duas grandes áreas para crianças, com mini toboágua e brinquedos", explicou Bordin.

Bebês e crianças têm áreas dedicadas no parque aquático, com monitores, shows e personagens para fotos e autógrafos. Pequenos de até 5 anos podem se divertir em atrações que incluem oito sprays de água para brincadeiras. Para os maiores, com até 12 anos, seis toboáguas e três chafarizes estão nas instalações de dois playgrounds. Os responsáveis contam com dois espaços-família, incluindo trocadores, micro-ondas e área para amamentação.

 

Quanto custa o ingresso do Acquamotion

O Acquamotion vai trabalhar com duas temporadas: alta, no mês de julho e durante o Natal Luz Gramado, e o restante do ano. O ingresso sai por R$ 169 nos períodos de maior movimento e a R$ 149 na baixa temporada. Crianças até 11 anos e idosos acima de 60 anos pagam meia entrada - grátis até três anos de idade.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.