VOLTAR
FECHAR

Av. João Corrêa, 1017 - Centro - São Leopoldo/RS - CEP: 93010-363
Fones: (51) 3591.2000 - Fax: (51) 3591.2032

PUBLICIDADE
Motores

Novo EcoSport chega com preço inicial de R$ 73,99 mil

Além de facelift, SUV recebe novo interior, novos motores e câmbio automático tradicional na linha 2018.

  • Novos faróis de xenon e com luzes diurnas com maior luminosidade; grade e para-choques também foram reformulados no EcoSport
    Foto: Adair Santos/GES-Especial
  • Novo sistema de rebatimento dos bancos traseiros permitiu aumentar o volume do porta-malas de 356 para 1.178 litros
    Foto: Adair Santos/GES-Especial
  • Novo Ford EcoSport chega ao mercado custando de R$ 73,99 mil a R$ 93,99 mil
    Foto: Adair Santos/GES-Especial
  • Materiais emborrachados substituem plásticos secos no painel e, no console central, há dois porta-USB com potência de 2 amperes, garantindo recarga mais rápida para o smartphone
    Foto: Adair Santos/GES-Especial
  • EcoSport tem novos motores: 1.5 de três cilindros (137 cv com álcool e 130 cv com gasolina) e 2.0 de quatro cilindros com injeção direta (176 cv com álcool, 2 cv a menos que no Focus, e 170 cv com gasolina)
    Foto: Adair Santos/GES-Especial

Criador do segmento de SUVs compactos no Brasil, em 2003, o Ford EcoSport recebe facelift, novos motores e câmbio automático tradicional com conversor de torque. O carro chega ao mercado por preços que vão de R$ 73,99 mil a R$ 93,99 mil.

O modelo está sendo apresentado em Jaboatão dos Guararapes, na região metropolitana de Recife, nesta terça-feira (25). São 85 carros disponíveis para os mais de 100 jornalistas brasileiros e colombianos. O test-drive ocorre na paradisíaca orla pernambucana.

Por fora, são novos os faróis (agora em xenon e com luzes diurnas com maior luminosidade), a grade e os para-choques. Na traseira, apenas o para-choque é novo, enquanto as lanternas seguem com o mesmo design.

Por dentro, a renovação é maior: novo painel, novos cluster e volante (esses dois últimos são os mesmos do Focus). O pequeno computador de bordo foi substituído por uma imponente e moderna tela touchscreen de 8", que fica posicionada de forma central e "flutuante". Saídas de ar centrais e botões de regulagem do ar-condicionado têm novo design. Mas não é só isso: os novos componentes do sistema de ar-condicionado garantem maior potencia de refrigeração e conforto térmico.

O acabamento interno também melhorou: materiais emborrachados substituem plásticos secos no painel. No console central, há dois porta-USB com potência de 2 amperes, garantindo assim recarga mais rápida para o smartphone.

O preço da versão de entrada SE aumentou R$ 1,19 mil, mas o carro ganhou R$ 5 mil em equipamentos, como por exemplo sete air bags, controles de tração, estabilidade e sistema anticapotagem, destaca a Ford.

A topo de linha Titanium ganhou até R$ 10 mil em equipamentos, mas teve o preço reduzido em 710 reais, custando agora R$ 93,99 mil. Vem com o tão desejado teto solar elétrico, além de interior em dois tons: preto na parte superior do painel e bege na inferior, mesma cor dos bancos em couro. Os assentos dianteiros, aliás, são novos e mais largos, segurando melhor o corpo nas curvas. O novo sistema de rebatimento dos bancos traseiros cria uma superfície plana, aumentando o volume do porta-malas de 356 l para 1.178 l. Ao todo, há 20 porta-objetos espalhados pelo interior. Grade frontal com controle ativo contribui para melhorar a aaerodinâmica.

Em termos de segurança, são 7 air bags de série desde a versão de entrada SE. O sistema anticapotagem e controles de tração e estabilidade são novidades quanto à segurança ativa. Câmera de ré, sensor de estacionamento e monitoramento de ponto cego ajudam o motorista em manobras e no trânsito intenso das grandes cidades.

Novos motores 1.6 e 2.0

Debaixo do capô, há novidades interessantes: as opções de motor 1.5 de três cilindros (137 cv com álcool e 130 cv com gasolina) e 2.0 de quatro cilindros com injeção direta (176 cv com álcool, 2 cv a menos que no Focus, e 170 cv com gasolina). Ou seja: novo ânimo no desempenho e na economia.

Outra boa notícia: o câmbio automático de dupla embreagem Powershift, que apresentou muitos casos de lentidão nas trocas, exigindo constantes visitas à concessionária para remapeamento do software, sai de cena e dá lugar ao automático tradicional com conversor de torque de seis marchas, da mesma família utilizada no Fusion. As marchas agora podem ser trocadas manualmente por meio de borboletas atrás do volante, sistema mais prático que os minúsculos botões antes situados junto à manopla de câmbio.

Gerente de Engenharia, Klaus Mello destaca a tecnologia do novo piloto automático, que além do controle de cruzeiro permite delimitar a velocidade máxima para evitar multas. "Melhorias na suspensão ampliaram a estabilidade e reduziram a aspereza", garante ele. O para-brisa laminado aumenta o silêncio a bordo.

Mais de 1 milhão de unidades produzidas

Diretor de Vendas, Marketing e Serviços da Ford, Antonio Baltar Jr. destaca a história de sucesso do modelo, que chega primeiro ao Brasil e só no ano que vem aos Estados Unidos e Europa. Já foram produzidas mais de 1 milhão de unidades na América do Sul. No Brasil, desde 2003 foram vendidas 600 mil unidades. Deste total, 200 mil unidades são da nova geração, lançada em 2012. As vendas do carro global ocorrerão em 140 países.

O editor Adair Santos viajou a convite da Ford

Os preços

SE 1.5 manual: R$ 73,99 mil

SE 1.5 com câmbio automático: R$ 78,99 mil

Freestyle 1.5 manual: R$ 81,49 mil

Freestyle 1.5 com câmbio automático: R$ 86,49 mil

Titanium: R$ 93,99 mil

Fonte: Ford

Polo, o novo Volkswagen nacional

Sexta geração do hatch começa a ser vendida em novembro, ficando posicionada entre o Fox e o Golf.

A Volkswagen confirmou a produção do novo Polo na unidade da Anchieta, em São Paulo, que foi a primeira fábrica da montadora fora da Alemanha.

O modelo global – com mais de 14 milhões de unidades vendidas ao longo de sua história – é a principal novidade da marca para este ano e chega às lojas em meados de novembro, ficando posicionado entre Fox e o Golf. A sexta geração foi mundialmente revelada no último dia 16, na Alemanha.

O carro trará para a fábrica de São Bernardo do Campo algumas das tecnologias mais modernas do Grupo Volkswagen em todo o mundo, como parte do cronograma de investimentos da empresa no Brasil – da ordem de R$ 7 bilhões até 2020. Na Alemanha, é lançado nas versões Trendline, Comfortline e Highline, na edição especial Beats e na GTI.

Opcionais

Vários pacotes também são oferecidos, como o R-Line, Black e Style. A plataforma modular transversal (MQB) permite volume de porta-malas maior, que cresceu de 280 l para 351 l. O Polo tem 4,05 m de comprimento e é pouco menor que o Golf de quarta geração, mas o supera na distância entre-eixos (5,3 cm maior) e no espaço para o motorista e passageiros.

Pacote tecnológico

A versão básica vem com o sistema de monitoramento de área Front Assist, incluindo Frenagem Urbana de Emergência e Monitoramento de Pedestres de série. Uma opção disponível é o Adaptive Cruise Control (ACC - piloto automático adaptativo), que agora pode ser usado em velocidades até 210 km/h. Em combinação com o câmbio de dupla embreagem (DSG), o ACC também dispõe da função Stop & Go. As novas opções incluem o sistema de troca de faixas com Detector de Ponto Cego e Alerta de Tráfego Traseiro, o sistema Park Assist de estacionamento semiautomático e uma função de manobra, que protege automaticamente contra pequenos amassados.

Visual

Novo design torna o Polo um mini-Golf, mas lanternas lembram bastante as do nosso Gol. Na Europa, há novas opções de equipamentos como os faróis full LED de alta intensidade, luzes de condução diurna em LED e lanternas em LED.

Opções de motores

No Brasil, o carro deverá contar com duas opções de motor: o TSI 1.0 turbo de três cilindros (105 cv) e o MSI 1.6 aspirado (120 cv). Na Europa, porém, a gama de potências vai de 65 cv a 200 cv. Pela primeira vez, é oferecido com uma opção de propulsor a gás natural: o novo 1.0 TGI com potência de 90 cv. Quatro motores a gasolina e dois a diesel também estão disponíveis. Os movidos a gasolina vão do 1.0 MPI com 65 cv ao novíssimo 1.5 TSI EVO com desativação de cilindros (ACT) e 150 cv. O Polo está sendo lançado com duas opções a diesel (TDI) com 80 cv e 95 cv. Todos esses modelos são equipados com sistema start-stop e modo de frenagem regenerativo. Entre as opções de câmbio há o de dupla embreagem (DSG).

Novo interior

Os designers de interior e HMI (interface homem-máquina) criaram um layout novo e limpo para posicionar os mostradores e controles digitais e conectados num eixo visual contínuo tão alto quanto possível e, por isso, bastante visíveis para o motorista. Este é o primeiro modelo da marca a oferecer a nova geração do Active Info Display. Ao mesmo tempo, recebe a última geração de sistemas de infodiversão com telas variando entre 6,5’’ e 8’’. O interior limpo e de alta tecnologia é reforçado pela retroiluminação (equipamento de série na Highline e na GTI) assim como cobertura do painel e frisos decorativos numa ampla variedade de cores.

Versão GTI tem 200 cv

No topo da linha está o novo Polo GTI, movido por um TSI 2.0 com 200 cv (no modelo anterior, o TSI 1.8 gerava 192 cv). Combinando com a alta potência estão o chassi esportivo de série e o chassi opcional Sport Select. Na dianteira, o Polo mais potente se destaca através de itens como um para-choques especialmente desenvolvido com uma aba defletora e faróis de neblina integrados de série.

As típicas identificações dos GTI na dianteira incluem a faixa vermelha na grade do radiador, telas de ventilação tipo colmeia e, é claro, o logotipo GTI. Um item exclusivo presente neste GTI são faróis em LED opcionais com uma aleta vermelha. Na traseira, ostenta um grande defletor de teto em preto com alto brilho (na parte de baixo, é preto fosco), difusor no para-choque, saídas de escapamento duplas GTI (no lado esquerdo), lanternas traseiras em LED e, mais uma vez, o logo GTI. Nas laterais, chama a atenção as rodas de série em liga aro 17’’ (opcionalmente, podem ser 18’’), extensões nas saias laterais e pinças de freios pintadas de vermelho.

Bancos especiais

No interior, traz características típicas dos GTIs: bancos esportivos especiais com o legendário padrão xadrez clark, volante multifuncional em couro com costuras vermelhas, forro do teto e colunas em preto e empunhadura do câmbio GTI. Também está incluída como standard a iluminação ambiente.

Apresentado o novo SUV Peugeot 3008 no Rio de Janeiro

Novo veículo será vendido por R$ 135,99 mil.

Gustavo Henemann/GES-Especial
O novo 3008 já recebeu 26 prêmios, sendo considerado o carro do ano na Europa
O SUV Peugeot 3008, de fabricação francesa, foi apresentado na noite desta quarta-feira (21) em coletiva de imprensa realizada no Rio de Janeiro. Além de um design inovador e imponente, o novo veículo chega com um motor THP 1.6 16V de 4 cilindros, com 165 cv de potência. A nova geração será vendida por R$ 135,99 mil, o que surpreende por ter preço mais acessível da categoria. Alguns itens também chamam a atenção, como o porta-malas de 520 l, painel de instrumentos 100% digital e colorido e seletor de marchas elétrico (6 marchas + ré), entre outros.

Gustavo Henemann/Gustavo Henemann/GES-Especial
O SUV Peugeot 3008, de fabricação francesa, foi apresentado na noite desta quarta-feira (21) em coletiva de imprensa realizada no Rio de Janeiro
Os 50 carros que a montadora colocou para pré-venda na última terça-feira (20) já foram reservados – e tudo isso em cerca de duas horas. Os 30 primeiros compradores levaram consigo também o e-kick, que é o patinete elétrico da Peugeot. “O 3008 é uma joia. Nós nos preparamos para esse momento, nos preparamos para essa chegada. Foi um trabalho de vários anos e estamos prontos para esse lançamento”, destacou a diretora geral da Peugeot no Brasil, Ana Theresa Borsari. O novo 3008 já recebeu 26 prêmios, sendo considerado o carro do ano na Europa.

Viagem a convite da Renault

Apresentado o novo SUV Peugeot 3008 no Rio de Janeiro

Novo veículo será vendido por R$ 135,99 mil.

Gustavo Henemann/GES-Especial
O novo 3008 já recebeu 26 prêmios, sendo considerado o carro do ano na Europa
O SUV Peugeot 3008, de fabricação francesa, foi apresentado na noite desta quarta-feira (21) em coletiva de imprensa realizada no Rio de Janeiro. Além de um design inovador e imponente, o novo veículo chega com um motor THP 1.6 16V de 4 cilindros, com 165 cv de potência. A nova geração será vendida por R$ 135,99 mil, o que surpreende por ter preço mais acessível da categoria. Alguns itens também chamam a atenção, como o porta-malas de 520 l, painel de instrumentos 100% digital e colorido e seletor de marchas elétrico (6 marchas + ré), entre outros.

Gustavo Henemann/Gustavo Henemann/GES-Especial
O SUV Peugeot 3008, de fabricação francesa, foi apresentado na noite desta quarta-feira (21) em coletiva de imprensa realizada no Rio de Janeiro
Os 50 carros que a montadora colocou para pré-venda na última terça-feira (20) já foram reservados – e tudo isso em cerca de duas horas. Os 30 primeiros compradores levaram consigo também o e-kick, que é o patinete elétrico da Peugeot. “O 3008 é uma joia. Nós nos preparamos para esse momento, nos preparamos para essa chegada. Foi um trabalho de vários anos e estamos prontos para esse lançamento”, destacou a diretora geral da Peugeot no Brasil, Ana Theresa Borsari. O novo 3008 já recebeu 26 prêmios, sendo considerado o carro do ano na Europa.

Viagem a convite da Renault

Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS