VOLTAR
FECHAR

Av. João Corrêa, 1017 - Centro - São Leopoldo/RS - CEP: 93010-363
Fones: (51) 3591.2000 - Fax: (51) 3591.2032

Blog do Thiago Padilha

Prefeito Vanazzi se esqueceu da Câmara Mirim

Projeto semelhante ao Parlamento Jovem já é lei desde 2006.

A proposta do prefeito Ary Vanazzi (PT) de implantar o Parlamento Jovem em São Leopoldo, formado por 13 estudantes da rede pública e privada como titulares e outros 13 suplentes, é lei desde 2006. Sancionada na época pelo próprio petista, a Lei 6040 implantou a Câmara Mirim para incentivar a formação política de crianças e jovens a fim de desenvolver a cidadania. Por essa lei, podem participar da iniciativas alunos com idade inferior a 16 anos. Mas há alguns anos não tem sido colocada em prática, o que pode ter levado a um esquecimento de sua existência.

Quem lembrou foi o ex-vereador Carlos Fleck (PT). “É um projeto antigo, que chegou a ter até o reconhecimento da Justiça Eleitoral. Em uma das edições, até emprestaram urnas eletrônicas para fazermos a eleição nas escolas”, recorda, destacando que a iniciativa serviu de modelo para vários projetos semelhantes em outras cidades.

Enquanto isso, o projeto do Parlamento Jovem avançou na Câmara. Recebeu parecer jurídico favorável e seguiu para a Comissão de Constituição e Justiça. Agora, ou revogam a lei anterior ou arquivam a proposta atual.

Ana Affonso é indicada como pré-candidata a suplente de senador

A definição da chapa majoritária e proporcional ocorrerá em maio..

PT/Divulgação
Congresso Estadual da Articulação de Esquerda ocorreu sábado em Porto Alegre

O Congresso Estadual da Articulação de Esquerda, tendência interna do PT, indicou a vereadora de São Leopoldo Ana Affonso (PT) à suplência do Senado, nas eleições deste ano. A definição da chapa majoritária e proporcional ocorrerá em maio.

Prefeito de São Leopoldo encaminha projeto para criação do Parlamento Jovem

Proposta é eleger 13 titulares e 13 suplentes para discutir a mehoria da qualidade da vida da comunidade.

Chegou à Câmara de São Leopoldo projeto de lei para criar o Parlamento Jovem no Município. Conforme a proposta encaminhada pela Prefeitura, serão eleitos anualmente 13 estudantes da rede pública e privada como titulares e outros 13 suplentes. O texto assinado pelo prefeito Ary Vanazzi (PT) sugere que seja preparada de março a agosto a eleição, com posse durante a Semana da Juventude. Assim, cada legislatura será composta de, no mínimo, cinco sessões em que os adolescentes, de 14 a 21 anos, poderão discutir projetos pela melhoria da qualidade de vida da população. “Acreditamos que ações como esta, aproximam a sociedade da política cidadã, proporcionando, portanto, o trilhar de um caminho mais democrático, mais justo e porque não dizer, mais desenvolvido”, justifica Vanazzi. A proposta, inspirada em projeto de Canoas, ainda não entrou na pauta do Legislativo.

Polêmica na contratação de fiscais temporários em São Leopoldo

Alguns vereadores temem que vagas sejam usadas com fins eleitorais.

Projeto da Prefeitura de São Leopoldo, que autoriza a contratação de 25 fiscais do Programa Bolsa Família em caráter emergencial pelo período de 30 dias, prorrogáveis por mais 30, foi retirado da pauta da Câmara. Há vereadores que temem que o reforço na Secretaria de Desenvolvimento Social tenha outro fim: as eleições de outubro.

Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS